[Análise]- South Park: A Fenda de Abunda Força

0

Depois de vários atrasos na produção a tão esperada continuação do jogo de RPG da animação South Park chegou, leia nossa crítica do South Park: A Fenda que Abunda a Força.

Em primeiro lugar, já vale avisar que South Park não é uma animação tipo The Simpson, uma coisa mais “família”. South Park é uma série de humor totalmente negro, voltado 100% para o público adulto. É um desenho que zoa de tudo, desde sexo até religião, se você se ofende muito fácil, não vá jogar achando que vai ter algo diferente, pois não vai ter.

Vamos começar falando da jogabilidade que é um dos maiores pontos do jogo. Desde o primeiro jogo da franquia, a parte de combate é por turnos, exatamente como os RPG, além disso temos um mundo aberto, onde podemos explorar a pacata cidade de South Park e suas peculiaridades. A jogabilidade que já era de altíssimo nível melhorou muito, ficou mais polida, pela primeira vez podemos andar na fase de combate (ficar mais próximo ou mais longe do seu inimigo, assim desviando ou atacando). Fora isso todas os movimentos que se pode fazer dentro do jogo já foram apresentados em jogos anteriores.

Outra coisa muito boa dentro do jogo são seus gráficos, que mesmo sendo animado, não deixa de ser de ótima qualidade, com gráficos bem feitos e com uma taxa de renderização muito alta,  e que fazem do visual de South Park: A Fenda que Abunda a Força ser um belíssimo jogo em questão visual. Também não podemos esquecer dos cenários que são em sua grande maioria muito bem trabalhados, bem detalhados e iluminados, sendo quase que idêntico a da série de televisão. Outra coisa bem importante é a expressão facial dos personagens, que assim como na série não é uma maravilha, mas são muito bem feitos.

A trilha sonora é muito boa e parecida muito com o desenho. Como é um jogo de “super-heróis” as músicas são mais épicas e tocam quase que totalmente durante a fase de combate.

Sobre a história ela não é uma das grandes maravilhas, de fato ela é boa, mas acaba sendo confusa. Dessa vez Cartaman e seus amigos de South Park se vestem de super-heróis para poder encontrar um gato desaparecido, no meio da sua caçada encontram algumas dificuldades e depois de uma reviravolta o objetivo principal do personagem muda quase que totalmente. E isso acaba sendo bem confuso ao todo. Durante a jogatina assim como nos famosos RPG’S temos as missões principais e as missões secundárias, em South Park: FBF não é diferente, temos vários tipos de missões secundárias. E cada uma é diferente da outra, com objetivos até que parecidos, mas personagens diferentes, e meios diferentes de se chegar a esse determinado objetivo. Outra coisa é a carisma dos personagens, que desde de sempre foi uma das maiores características da série, volta a ser uma das maiores no jogo também! O mais legal dentro de tudo isso são os diálogos que são cheios de palavrões, desde os mais leves até o mais absurdamente pesado, e isso torna o jogo bem mais divertido de se jogar, pois parece que você está dentro de um episódio de South Park.

Outro ponto positivo para o jogo é que ele está TOTALMENTE localizado para o português HUE, desde o menu, legendas até os seus diálogos. Porém em minha opinião o jogo deve ser jogado com as vozes originais em inglês e com o uso de legenda em português, porque as vozes são bem melhores. Mas a dublagem em geral é muito boa, os dubladores tiveram o carinho e cuidado com cada fala, deixando assim o mais parecido com o áudio original em inglês.

Confira o trailer logo abaixo:

 

South Park: A Fenda que Abunda a Força já está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC.

O jogo foi testado no PC e foi dado para análise pela Ubisoft

80% Muito Bom
  • Jogabilidade 90 %
  • Enredo 80 %
  • Trilha Sonora 80 %
  • Gráficos 80 %
  • História 70 %

Compartilhe.

Sobre o Autor

Amante cinematográfico, adorador de música, games e viciado em Star Wars, um amor que nunca será entendido. Em seu tempo livre gosta de comer, ler e ficar procurando um jeito de viajar para uma galáxia muito distante.