Death Note – Adaptação do Netflix faz alterações nas “REGRAS” do caderno do Kira!

0

Nós estamos bem próximos do lançamento da adaptação de Death Note, pela Netflix! Entretanto, a versão que veremos, não será tão semelhante assim a mangá lançado por Takeshi Obata no Japão.

Adam Windgard, o diretor da adaptação do Netflix, recentemente deu uma entrevista ao Variety, sobre algumas mudanças que existirão na trama, e uma delas, será as regras que ditam o próprio Death Note.

“Nossa versão é uma adaptação bem diferente. Os personagens tem motivações e históricos diferentes. Até mesmo nossa versão do caderno da morte é muito diferente. Originalmente, quase todas as mortes são associadas com ataques cardíacos, enquanto a nossa versão toma um rumo parecido com Premonição na primeira metade do filme, enquanto tudo ainda é divertido para Light. Obviamente, enquanto o filme progride, as consequências se tornam mais realísticas, e as mortes também.” Ele continua “Alguém me disse que nos filmes originais, que seguem fielmente a estrutura do mangá, eles foram contratualmente obrigados a não mudar as regras [do Death Note]. Nosso filme não muda as regras, na verdade, mas adiciona novas. Por exemplo, a regra de que se você não usa o caderno por mais de sete dias, ele volta para o Ryuk, e ele pode fazer o que quiser. Foi uma das nossas regras. Isso foi principalmente porque queríamos algo que forçasse o Light a usar continuamente o caderno, independentemente dele ter mudado de ideia ou ter ficado com peso na consciência. […] Tivemos mais algumas regras assim para aumentar a complexidade da situação.”

O problema que algumas dessas mudanças podem afetar diretamente a trama de Death Note. Já que por exemplo, uma delas afeta em um dos eventos do mangá e do anime.

Death Note estreia na Netflix dia 25 de agosto de 2017.


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!