[Crítica]- Homem-Aranha: De Volta ao Lar

0

Desde que foi anunciado o sexto filme do amigão da vizinhança, muita gente começou a se perguntar se realmente esse filme iria entregar o que sempre os fãs pediam. E bom ele entrega isso e muito mais!

O desenvolvimento do filme é bom, ele sabe moderar em as cenas de ação e as cenas importantes para a continuação da história, fazendo assim o filme não ser chato e tedioso.

Os efeitos especiais são algo sensacionais no filme, exatamente como somos acostumados nos filmes da Marvel. Eles são presentes em quase toda hora e as vezes acabam atrapalhando o filme, já que a grande maioria do filme foi rodada em uma tela verde. Mesmo sendo muitos tipos de efeitos todos eles são de ótima qualidade e muito deles necessários. Assistimos o filme em IMAX e podemos dizer que melhora demais a experiencia de assistir Homem Aranha: De Volta ao Lar em uma tela gigante. As cenas de combate no filme são excelentes, principalmente os movimentos feitos pelo Peter Park, já que o Tom Holland tem o hábito de praticar artes marciais, as cenas ficaram de altíssima qualidade.

A trilha sonora no filme é algo bom, com mistura músicas eletrônicas com pop e algumas coisas de rap. Essa combinação faz com que a trilha sonora seja muito boa.

Muitos fãs ficaram com medo do roteiro do filme, já que os últimos 5 filmes do herói foram mais para o lado sombrio do que brincalhão. No De Volta ao Lar isso é totalmente inverso. O filme ele é quase que todo voltado para a comédia, como os fãs sempre pediram, já que o próprio Homem Aranha é conhecido como “o zoeiro”. Isso em quase todo o momento é excelente, pois retrata quase que fielmente o personagem. Mas também tem o seu lado ruim, onde acaba atrapalhando o desenrolar da história. Não que isso seja ruim, porem em alguns momentos eu preferi um clima mais sério para conseguir entender melhor a história. Se formos falar sobre o roteiro em si, ele não é nada demais, uma história que não dá muita atenção aos detalhes, principalmente do vilão. O filme se passa logo depois do Capitão América: Guerra Civil, onde o Aranha apareceu pela primeira vez no universo Marvel. Realmente a entrada do herói no MCU (universo cinematográfico da Marvel) ajudou muito no filme, já que a trama tem uma grande influência do primeiro filme dos Vingadores, e também conta com a presença do Homem de Ferro, sendo como se fosse um tutor para Peter. Como todos sabem o vilão do filme é o famoso Abutre. Essa é a primeira aparição do personagem em algum filme, e sinceramente eu não gostei dele. Acho que foi mais pela a atuação do Michael Keaton que acabo não se encaixando direito com o personagem.

Tom Holland fez um ótimo trabalho interpretando o Peter Parker, sem dúvidas nenhuma ele é com certeza o melhor Homem Aranha do cinema, já que ele capitou a essência do personagem nos quadrinhos e conseguiu levar ela para o filme, fazendo com que os fãs do Aranha nós quadrinhos amem o do filme. Ainda acho que nós próximos filmes podemos ver o Tom se aprofundando mais e mais no seu personagem, transformando o personagem em algo mais próximo dos quadrinhos, mas também com um toque especial para o cinema.

Vale lembrar que como é um filme da Marvel, já é de costume ter cenas pós créditos. E nesse filme não é diferente. Ele não possuiu 5 cenas como de Guardiões da Galáxia 2, mas possuiu 2 cenas pós créditos. Então nada de sair após o filme finalizar. Só depois dos créditos!!!

Confira abaixo o trailer legendando do filme:

Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker (Tom Holland) voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre (Michael Keaton) surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.

Homem Aranha: De volta ao Lar chega em 6 de julho em todos os cinemas brasileiros

8.0 Muito Bom
  • Roteiro 7,5
  • Efeitos Especiais 9
  • Fotografia 8,5
  • Trilha Sonora 8,5
  • Enredo 7,5
  • Atuação 8

Compartilhe.

Sobre o Autor

Amante cinematográfico, adorador de música, games e viciado em Star Wars, um amor que nunca será entendido. Em seu tempo livre gosta de comer, ler e ficar procurando um jeito de viajar para uma galáxia muito distante.