Mulher Maravilha deixa de ser embaixadora honorária da ONU depois de protestos!

0

Mulher Maravilha

A Mulher Maravilha é o super-herói feminino mais forte  do planeta (fora dele também) que teve um profundo impacto sobre as meninas e mulheres  em todos os lugares desde a sua criação há 75 anos atrás.

Por esse mesmo motivo, em 21 de outubro de 2016, ela foi nomeada Embaixadora Honorária da ONU na esperança de usar o personagem icônico em uma campanha de capacitação para mulheres e meninas até o ano de 2017. No entanto, algumas pessoas não estavam muito felizes com essa decisão, citando que uma mulher com pouca roupa e muitas curvas não é um bom modelo para as gerações mais jovens. Devido a isso, nessa sexta-feira, ela deixa de ser embaixadora, depois de 2 meses de sua nomeação oficial.

Quase 45 mil pessoas assinaram uma petição e a apresentaram ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pedindo para reconsiderar a seleção. A petição diz: “Embora os criadores originais possam ter pretendido que a Mulher-Maravilha representasse uma mulher forte e independente” guerreira “com uma mensagem feminista, a realidade é que a iteração atual do personagem é a de uma mulher branca, com pouca roupa e de proporções impossíveis”

Courtney Simmons, porta-voz da DC Entertainment, afirmou que “a Mulher Maravilha é a favor da paz, da justiça e da igualdade e, durante 75 anos, tem sido uma força motivadora para muitos e continuará a ser mesmo depois do mandado dela como embaixadora honoraria da ONU tiver acabado“.

E você? O que acha disso?

 


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!