Sega encoraja fãs a continuarem criando conteúdo relacionado a Sonic

0

SEGA

Tem sido um ótimo momento para jogos feitos por fãs. Tivemos um remake de Metroid 2 em toda sua escala e um tremendo tributo à Sonic the Hedgehog. O único problema é que um desses jogos foi retirado por forças corporativas. Na última semana, os Game Grumps jogaram Green Hill Paradise Act 2. A empresa SEGA notou e o que ela fez? Deu um grande sinal de positivo à eles.

Em vez de chamar seus advogados ou dar um strike nos Game Grumps e na equipe de Green Hill Paradise Act 2 reivindicando direitos autorais, a mídia social oficial da SEGA divulgou o jogo,  encorajando ativamente fãs a criarem mais jogos e conteúdo.

go8oh3hnqahq5tzo3iza

Sonic the Hedgehog:

“Hora da DMCA, já volto.

Brincadeira. Continuem criando coisas legais fãs de Sonic.

SuperSonic68:

“Eu…Eu não sei nem o que dizer.

Obrigado.Fico muito feliz que você tenha visto isso. Acabei de ler seu comentário. O meu coração está batendo mais rápido do que os pés do Sonic.”

Observação: DMCA (Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital) é uma lei dos Estados Unidos, que criminaliza não só a infração em si, mas também a produção e a distribuição de tecnologia que permita evitar as medidas de proteção aos direitos do autor.

Por outro lado temos a Nintendo, que removeu o remake de Metroid 2 AM2R, abordou vários sites de download de Pokémon Uranium – a ponto de seus criadores acharem melhor acabar com o jogo – ,  colocou um strike contra o mashup de fãs No Mario’s Sky, além de remover centenas de títulos de fãs da Game Jolt.

A última atitude da SEGA na sua controversa competição mostra uma grande diferença em como o conteúdo produzido por fãs é abordado e parece ser um passo na direção certa. Jogos como Green Hill Paradise Act 2 geram interesse nos produtos da empresa e encoraja um engajamento mais íntimo com seus títulos. A empresa inclusive trouxe fãs para trabalhar em seus projetos. Christian Whitehead mais conhecido como TAXMAN, um fã de longa data e criador de vários fãs games do Sonic é agora programador do novo jogo retro da Sega, Sonic Mania!

É claro que não estamos dizendo que a Nintendo não tem o direito de proteger seus personagens e marcas. Mas a SEGA tem demonstrado uma abordagem muito mais atraente e alternativa com as criações de fãs, será mesmo que a Nintendo não poderia fazer algo semelhante?

E você? O que acha da atitude da Nintendo? Ela está certa em proteger suas IP’s da forma que ela protege atualmente?

Texto adaptado do Kotaku


Compartilhe.

Sobre o Autor