[Artigo de Opinião] A Evolução dos Mercados de Jogos e Consoles

0

Sonicmariomegamanpacman

Com o crescimento do mercado de jogos, também incluindo o Brasil, a economia girou de uma forma mais intensa dentro da área. Muitos jogos são produzidos diariamente e de forma rápida, com exigências técnicas maiores e com crescimento de produtoras independentes (que não necessitam de uma publisher). Sendo assim, novas séries vão surgindo, novas ideias (boas e ruins) surgem e séries que fizeram sucesso ganham continuidade.

Em contrapartida do polo econômico de giro de riqueza no mercado, é possível verificar que os custos de produção também aumentam de forma constante conforme as exigências, assim como o interesse por algumas séries aumenta por questão do crescimento atual. Dentro desse âmbito, a empresa necessita pensar em seu devido lucro, mas para isso, deve-se criar um conceito dentro do jogo para atrair o público novo, mas muitas vezes o que vemos é uma divisão que a própria empresa cria, muitas vezes destruindo bases importantes que interferem no sentido temporal e com riscos financeiros. Além dos riscos dentro da série, também temos com a progressão de console, fazendo com que a competitividade dentro do mercado diminua por escassez de exclusivos e para que a empresa não tenha risco de sair no prejuízo, acaba lançando em outra plataforma, mesmo precisando sacrificar certos artifícios exclusivos.

xbox-one-vs-ps4-578-80

Felizmente dentro do mesmo mercado, novos jogos são sempre abertos e novas experiências sempre surgem, fazendo com que em termo quantitativo, o mercado consiga se estabelecer dentro dessas variáveis, mas sempre prestando atenção para a possibilidade de colapso no mercado de jogos do outro lado.

Podemos definir que o mercado de jogos sempre está em constante alteração e com dependências de laços, mas que algumas situações devem ser estudadas para evitar erros temporários, assim como também deve-se haver um equilíbrio de progressão entre o desenvolvimento e a administração saudável para que futuramente os jogos e os consoles possam se alinhar da forma mais balanceada possível.


Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Hinz

Compositor independente, fascinado por jogos e estuda por lazer, trabalha com fluxos formalmente e pretende se tornar diretor fonográfico.