Já pensou no F-Zero rodando no Mega Drive?

2

fzeromegadrive

F-Zero foi um dos jogos mais importantes com a opção do Mode 7 da Nintendo para os SNES, um jogo que em teoria deve ser impossível de replicar em um Mega Drive certo? Errado!

Caso você tenha esquecido, o Mode 7 permitiu que os desenvolvedores mapeassem a textura, redimensionando e rodando as camadas de backgrounds. Ao modificar a escala e posicionamento da camada, um simples efeito de perspectiva pode ser aplicado, transformando a camada em um plano de textura horizontal bidimensional que “troca” a altura pela profundidade. Assim, consegue-se uma impressão de gráficos tri-dimensionais. Foi assim que F-Zero e Super Mario Kart existiram antes de desenvolver jogos completamente em 3D. Essencialmente o Mode 7 implanta um truque visual muito eficaz para a época.

Infelizmente, o Mega Drive não tinha essa capacidade (apesar de ter compensado com o Sega CD e o 32X), entretanto um usuário do fórum Sega 16 conseguiu simular o Mode 7 no Mega Drive! Ele explicou como conseguiu fazer essa proeza:

Oi, esta é uma demonstração de rotação e escala mais conhecido pelo nome de “Mode 7”.
Eu estou usando a Ram 64Kb externa no modo Word, para usar como um “mapa virtual” de 256 x 256 8bit (256 cores “simulados”, como em Wolf3D), a ideia é que, quando mover no mapa, ele vai fazer o upload de novas “tiles” (um tamanho de 8 x 8 = 64 bytes), semelhante ao que é feito normalmente, mas como “peças” de 64 bytes.
Infelizmente, isso não vai funcionar com flashcarts, uma vez que eles não suportam o modo word em Sram.

Aqui está a versão feita pelo usuário:

Não é exatamente um F-Zero, mas ficou bem próximo da versão do SNES não?

Via Kotaku


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!

  • Cleiton Munhoz

    Não, não ficou nada bom. Faltou um dos itens principais de F-Zero: o som. Jogar essa versão é como jogar F-Zero num emulador ruim e com os sons de River Raid do Atari. Pra ser um F-Zero de verdade tem que estar tocando Big Blue e tem que ter os efeitos sonoros fodas que o original tinha (coisa que Streets of Rage prova que o Mega consegue fazer)

    • A ideia era só representar o Mode 7, não uma cópia perfeita do jogo. creio que se o cara quisesse ele conseguia colocar a música também.