Dossiê de Final Fantasy VII “Remake”

0

capa-FF7R

Segue uma lista de todas as informações importantes disponíveis sobre o “remake” de um dos mais almejados jogos da série Final Fantasy, o Final Fantasy VII.

1) O sistema de batalha tem ação, mas também é estratégico.

Após boas críticas durante a demonstração do game da PlayStation Experience 2015, foi explicado que o jogo possui sim elementos de ação, mas que funcionará de maneira estratégica.

2) Está utilizando a Unreal Engine 4.

A informação veio da própria Epic Games, detentora de tal engine.

3) É divido por partes, mas cada parte tem o tamanho de um game completo.

Tal decisão ocorreu devido ao tamanho do jogo original, senão, parte do jogo seria cortada.

Também é importante ressaltar que o modelos de Advent Children são antigos, então o jogo está sendo bem analisado e feito para uma experiência atual.

FF7R-Not-Completely-Action

A cena de “cross-dressing” de Cloud estará no remake, mas Nomura ainda precisa trabalhar no design. O sistema de batalha é diferente de Crisis Core, na qual possui mais ação. Há um sistema de ATB, mas não funcionará exatamente como no título clássico. Ele estará conectado ao sistema de ação.

A party será composta de três membros, todos podendo ser trocados e jogáveis. Não será preciso trocar os personagens se assim desejar. A velocidade de batalha será similar a de Dissidia de Arcade.

Nomura trabalhou muito em cima do trailer e duvidou que estaria pronto para o show, mas a reação dos fãs o aliviou. Por fim, é confirmado que a equipe quer adicionar coisas novas e surpresas para que não seja exatamente a mesma experiência ou só para surpreender os fãs old-school.

Mais informações serão dadas na próxima edição da revista japonesa Famitsu. Fiquem ligados.

Fiquem com o vídeo mostrado durante a PlayStation Experience 2015:

 


Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Hinz

Compositor independente, fascinado por jogos e estuda por lazer, trabalha com fluxos formalmente e pretende se tornar diretor fonográfico.