Polícia européia desativa botnet que afetou milhões de computadores no mundo todo

0

A Europol e a força policial em toda a Europa fecharam Ramnit, uma botnet que infectou até três milhões de computadores em todo o mundo. O vírus, geralmente instalado em ataques de phishing por e-mail ou em sites maliciosos (Parem de clicar em Anexos!) foi utilizado pelos hackers criminosos para roubar informações bancárias.

Se você clicasse, o software malicioso daria o acesso remoto ao seu computador, permitindo que Crackers (Não a Bolacha, mas sim os ladrões) roubassem dados bancários, dados pessoais e outras informações. Os países mais atingidos foram os EUA, Índia e Bangladesh.

Para acabar com a botnet, autoridades fecharam os servidores principais, juntamente com mais de 300 endereços IP usados ​​por criminosos. Eles receberam ajuda da Microsoft (o vírus só afeta máquinas com Windows), juntamente com a Symantec e a AnubisNetworks.

Entretanto limpar esse vírus do computador é uma tarefa um pouco mais complicada. Por exemplo, o vírus carrega na memória enquanto a vítima reinicia o computador  e se reinstala se for eliminado do disco rígido. Ele também desativa o Antivirus e ainda pode monitorar sua navegação na Web para roubar cookies. Se você está preocupado, a polícia do Reino Unido recomendou que use um software especifico para que pode detectar e remover o vírus. A Microsoft tem ele aqui.

Via Engadget


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!