Recursos de saúde do Apple Watch foram removidos por erros dos sensores

0

apple-watch-6_1

A Apple, aparentemente esperava que seus smartwatches se ficassem concentrado em recursos relacionados a saúde, mas a empresa foi forçada a mudar de direção no meio do desenvolvimento. De acordo com o The Wall Street Journal, a empresa originalmente imaginou um dispositivo que monitore a freqüência cardíaca, pressão arterial e os níveis de estresse (com base na condutividade da pele). Infelizmente, os sensores não passaram na verificação. Os engenheiros da empresa descobriram que braços peludos, pele seca e até mesmo deixar o relógio firme no pulso podem afetar os resultados e infelizmente eles não encontraram uma solução em tempo.

O Apple Watch se tornou conhecido como um buraco negro dentro da empresa, já que continuou sugando recursos durante quatro anos, apesar de todas as falhas durante os testes de acordo com as fontes do WSJ. O seu desenvolvimento desacelerou, uma vez que a empresa percebeu que um relógio deste tipo será muito difícil de ser construído neste momento. Por agora o Apple Watch somente terá uma versão mais simples do monitor cardíaco original e um pedômetro integrados com o Iphone.

Ainda assim, a empresa está esperando para vender uma tonelada de relógios inteligentes. A empresa supostamente encomendou cerca de 6 milhões de unidades de seus fornecedores asiáticos apenas para o primeiro trimestre. Metade deste número são para o Apple Watch Sports, enquanto o modelo de nível médio de aço inoxidável compõe um terço desse número.

Será que na próxima versão irão conseguir fazer que os recursos de saúde sejam reintegrados ao smartwatch?

Via Engadget/9 to 5 Mac


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!