Governo dos EUA cria spyware que invade firmwares de HDS

0

Nem o firmware dos seus HDS então seguros. De acordo com a Kaspersky Lab, ela encontrou o novo spyware em computadores de instituições governamentais e militares, empresas de telecomunicações, bancos, empresas de energia, os investigadores nucleares, mídia e ativistas islâmicos foram infectados com o spyware. Aparentemente o spyware é capaz de escutar praticamente tudo que o usuário faz.

O software foi encontrado em 30 países, incluindo o Irã, Rússia, Paquistão, Afeganistão, China, Mali, Síria, Iêmen e Argélia. Mas somente  alguns computadores importantes foram infectados.

A empresa se recusou a identificar o país criador do spyware, mas disse que ele estava intimamente ligado ao Stuxnet, o worm criado pelos Estados Unidos foi usado para atacar instalações de enriquecimento de urânio do Irã.

O firmware de discos rígidos é muito valorizado entre espiões e hackers já que ele é executado automaticamente toda vez que o computador está ligado e praticamente impossível de remover, mesmo com os dados do disco rígido sendo completamente apagados.

O governo dos Estados Unidos e a NSA não quiseram comentar sobre o caso.

O  spyware funciona na maior parte dos grandes fabricantes de HDS, incluindo Western Digital, Seagate, Toshiba, IBM, Micron e Samsung.

A Western Digital, Seagate e Micron disse que não tinham conhecimento sobre isso, e  a Toshiba, Samsung e IBM ainda não comentaram sobre o caso publicamente.

Via Neowin


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!