NASA está explorando a tecnologia de naves espaciais infláveis

0

marsrover_story

 

No Centro de Pesquisas Langley da NASA, em Hampton, os engenheiros estão desenvolvendo um escudo térmico inflável que se parece muito com aquelas rosquinhas americanas. Os engenheiros da NASA acreditam que um protetor de calo inflável leve,pode ser usado para fazer a entrada na atmosfera de Marte, que é muito mais fina do que a da Terra.

O escudo inflável poderia ajudar a nave espacial alcançar as planícies do sul de Marte de alta altitude e outras áreas que seriam inacessíveis sob a tecnologia existente. Os especialistas observam que os foguetes não podem ser utilizados para conseguir um grande pouso em Marte, como é feito na Lua, devido as diferenças entre as atmosferas.

Algo mais ou menos assim!

Algo mais ou menos assim!

“Os anéis seriam preenchidos com nitrogênio e cobertos com uma manta térmica. Depois de implantado para o pouso, os anéis ficariam em cima da nave espacial, e ficariam bem parecidos com um cogumelo gigante.

“Não usaremos a propulsão, se não tivermos mais ela.”, disse Neil Cheatwood, o engenheiro sênior da Langley para sistemas de entrada, descida e pouso avançados. “Nós iremos fazer o uso dessa atmosfera, tanto quanto pudermos, porque isso significa que não temos de transportar todo o combustível conosco.”

Os líderes da NASA atualmente reconhecem que uma ida e volta a Marte já em 2030 vai representar desafios extremos. Os cientistas da agência percebem que eles também devem projetar novos sistemas de propulsão espacial, roupas espaciais avançadas, habitats de vida a longo prazo a bordo de naves espaciais, e também sistemas de comunicação para o espaço profundo para fazer a viagem ser realmente viável.

A nova tecnologia é necessária para colocar os astronautas em Marte, porque uma nave espacial tripulada teria de ser muito maior do que qualquer coisa que pousou no planeta anteriormente. A tecnologia de proteção atual contra o calor  pesa muito para estar em uma nave espacial maior, o que significa que os cientistas não vão conseguir pousar  nada muito maior do que rovers que já foram enviados para lá anteriormente. A NASA utiliza desaceleração baseada em pára-quedas em Marte desde os anos 70 – algo que não seria viável para missões tripuladas.

“Os engenheiros da Langley estão trabalhando na tecnologia inflável há cerca de uma década, e acreditamos que ele está perto de estar pronto para uso operacional.” disse Cheatwood.”

Cheatwood continuou que a mesma tecnologia inflável também poderia ser usada para as naves explorarem outros Planetas ou Satélites com atmosferas – como Venus, Titan, e Júpiter.

As experiências infláveis já foram lançadas em foguetes anteriormente em menor escala,mas nunca em órbita. Esse trabalho foi recentemente parte de uma revisão da NASA em outubro do ano passado. As informações recolhidas a partir desses projetos serão aplicadas a um experimento de grande escala  em 2016.

Enquanto o escudo não se torna grande o suficiente para proteger uma nave espacial tripulada, os cientistas da NASA acreditam que a tecnologia é incrível.

Via NEOWIN


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!