União Européia pretende separar as buscas do Google

0

go

Já tem algum tempo que o Google tem alguns problemas com a União Européia. Desde 2010 a UE  está movendo uma ação de anti-truste na empresa.  Mesmo cedendo algumas concessões a UE, como dar a mesma visibilidade a outros buscadores, como Yahoo e Bing.

Para quem não sabe um truste , quando uma empresa tem um monopólio em cima do mercado, impedindo outros de competirem. Um Anti-truste é justamente um processo para “dissolver” a empresa de uma forma que não fique mais “perigosa” para o mercado. E esse é o problema do Google, ele se tornou grande demais na União Européia, sendo responsável por 90% das pesquisas no continente.

E o que isso pode afetar o Google? 

Como está descrito acima, o Google pode receber um “opinião” do Parlamento Europeu, para que se divida em dois, deixando a busca separada das suas outras operações comerciais. Provavelmente o projeto entrará em votação nessa Quarta-Feira, e caso seja aprovado pode ser necessário que o Google divida suas operações na União Européia. E isso já aconteceu antes por lá, quando em 2009 a Microsoft concordou em enviar uma versão do Windows 7 sem o Internet Explorer previamente instalado (Melhor decisão!). Entretanto o que acabou ocorrendo, foi que a Microsoft ofereceu opções de navegadores diferentes no momento da instalação.

Teremos novas notícias, após a decisão no parlamento. Será que realmente o Google vai se dividir na Europa por ter “conquistado” mais clientes que outros buscadores?

Via Engadget


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!