Sonic Boom (jogo), o bem que vem para o mal

10

1

Sonic Boom é uma série separada do que conhecemos habitualmente e servirá como apoio para atrair um público novo e continuar apelando para o que a Sega já conquistou. A Sega está apostando todas as suas fichas e pelo que vimos na animação que passará no Cartoon Network, a série nova realmente impressiona, mas estou aqui para falar especificamente da questão do jogo.

O jogo foi declarado inicialmente como algo separado da série principal, mas ironicamente não é um fato. Isso será decidido provavelmente com as vendas das duas versões. Inicialmente quero que vocês se atentem na seguinte entrevista do Gamasutra

Se analisarmos a entrevista, veremos claramente que o Sonic Boom é literalmente um passo novo e gigante que a Sega quer dar, portanto, o futuro de Sonic será decidido por Boom, o que gera um perigo, pois não é citado de forma explícita que será separado, mas sim que será o futuro.

“As a group effort, we’re driving where Sonic is going for the future.”

Também vale ressaltar que todos os centros de atividades com Sonic estarão nas mãos da Sega da América.

“What’s great about this is that now, the whole core of the Sonic initiative is based in Sega of America”

Aqui nós já temos a ponta do iceberg, mas vamos na parte subaquática:

Recentemente, Taxman havia trabalhado com Sonic 2 Remastered para iOS. Ele estava contratado e já estava se mostrando uma figura de valor para a Sega, mas sua imagem desapareceu e a galera estava com esperança de um Sonic 3 & Knuckles Remastered, mas até aí nenhuma resposta havia surgido.

A cara do Sonic, ao ver o que o autor está dizendo sobre ele.

A cara do Sonic, ao ver o que o autor está dizendo sobre ele.

Uma declaração mais recente mostrou que Taxman não estava com nenhum poder para trabalhar com o jogo. Logo depois, Taxman anunciou que está trabalhando em Sonic 3 & Knuckles Remastered, mas de forma independente. Então, qual será o motivo da mudança brusca? Acho que a partir daqui a resposta fica clara. Quando Taxman ainda estava trabalhando para a Sega, e provavelmente tinha um contrato em vigor, ele não podia fazer nada, mas agora que provavelmente ele está independente da Sega, senão ele nem se arriscaria em fazer a remasterização, está trabalhando firme e forte com seu parceiro Stealth. Então significa que provavelmente a estratégia de Sonic Boom esteja a todo o vapor, afinal, a Sega praticamente só anda tendo foco nisso. Ela praticamente está ignorando todas as outras estratégias com Sonic e se aprofundando em Boom com todas as suas forças.

Observação extra: além da questão estratégica, muitos estão com receio pela falta de polimento da versão de Wii U e suas piadinhas ruins.


Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Hinz

Compositor independente, fascinado por jogos e estuda por lazer, trabalha com fluxos formalmente e pretende se tornar diretor fonográfico.

  • Zero Dozer

    Só posso dizer que Boom está fadado a ser o novo Sonic ’06.

  • Felipe

    Tem que lançar o jogo também para Sony e Microsoft. Como ela quer fazer sucesso lançando o jogo apenas para 3DS e Wii U?

    • Hinz

      Sonic Colors fez mais sucesso em detrimento à exclusividade. Sonic Colors vendeu em uma faixa de 2.000.000 e temos em duas plataformas. O Generations por sua vez vendeu em torno de 2.500.000 e temos em cinco plataformas.

  • Luciano Andrade

    Eu gostei do que vi até agora do Boom, incluindo o pouco que vi do jogo, mas esse ainda precisa ser jogado pra se chegar em alguma conclusão. Parece bastante com uma direção que o Sonic ia tomar mais cedo ou mais tarde, mas esse texto tá meio estranho. Não entendi. Sonic Boom virou linha direta da SEGA só por que o desenvolvedor das adaptações HD pra Android não está trabalhando em Sonic 3 & Knuckles oficialmente?

    Quando vi Sonic Boom pela primeira vez, assim como todo mundo eu estranhei o direcionamento ao mesmo tempo que pensei: poxa vida, eles são muito espertos. O redesign dos personagens colocou Sonic e a turma exatamente onde eles tentavam estar desde os anos 90: dentro de uma linguagem ocidental, mantendo um pouco da origem japonesa do personagem.

    Esse texto não faz o menor sentido, ainda mais por falar de um jogo que sequer saiu. É preciso jogar um pouco antes de chegar a algumas conclusões. É preciso ver a série. E independente de direcionarem como futuro ou não, acho que estão realizando um trabalho bem competente até então. É a carta na manga da SEGA pra uma geração totalmente nova de fãs.

    E o lançamento em apenas duas plataformas de uma empresa com base de software bem pequena em comparação com as duas outras gigantes indica mais um meio do caminho do que apontar a direção de Sonic Boom como linha principal.

    • Hinz

      Bom, gostaria de ir por partes.
      1) Precisa ser jogado para chegarmos à conclusão de gameplay, mas a parte visual e auditiva do jogo já é possível detalhar com vídeos em HD. O que vemos é realmente uma falta de polimento se assemelhando a um jogo de PS2 e com texturas genéricas parecendo FPS que repete textura única.

      2) Sobre a linha direta: sim, Sonic Boom é uma linha direta atualmente, tanto que Boom não é só jogo, mas sim um marketing inteiro. Só verificar a escassez de lançamento de algum Sonic, a provável saída de Taxman e tudo o que foi citado na entrevista. São fontes oficiais que eu postei e irrefutáveis.

      3) Eles estão espertos? O Knuckles consegue chegar ao ápice da burrice pelo que vemos e o Sonic faz piada pior que Sonic Colors. Eu acho que você precisa voltar nas artes conceituais de Sonic 1 e entender como Sonic funciona. Inclusive a ligação de Sonic 1 com Sonic CD que puxam o lado oriental.
      Detalhe: como mantém um pouco da origem japonesa se o Boom tem o propósito de alcançar a galera do ocidente?

      “É preciso jogar um pouco antes de chegar a algumas conclusões.”
      “Eu gostei do que vi até agora do Boom, incluindo o pouco que vi do jogo”

      Acho que aí nós entramos em uma certa contradição.

      4) O jogo é o jogo, o marketing e a estratégia por trás são outras coisas.

      5) Cada versão será lançada por um empresa. A de Wii U será a Big Red Button.

      • Luciano Andrade

        Mas o Knuckles é burro desde que ele é Knuckles. O Eggman enganou ele com a esmeralda mestre desde que o tempo é tempo. E a Big Red Button não tá cuidando também da versão do 3DS? Achei que ela cuidava dos dois. Acho que você está sendo exagerado. É um marketing inteiro por que a série tem que vender, mas até agora ninguém da equipe japonesa se pronunciou sobre a linha principal de Sonic na Sonic Team para os consoles da nova geração.

        • Hinz

          Ele é burro desde que é Knuckles? Acho que você deve estar esquecendo quando ele ferrava e atrapalhava Sonic em Sonic 3 & Knuckles.

          • Luciano Andrade

            Ele foi enganado pelo Robotnik mais de uma vez. Se isso não é ser meio lerdinho eu não sei o que é. Mas gosto do Knuckles mesmo assim!

          • Hinz

            Existe uma linha tênue entre burro e ingênuo, mas existe. São coisas divergentes.

    • Matheus Pimentel

      “Sonic Boom virou linha direta da SEGA só por que o desenvolvedor das
      adaptações HD pra Android não está trabalhando em Sonic 3 & Knuckles
      oficialmente?”

      Não. O que ele diz é que Sonic Boom virou linha direta por causa do marketing, por causa da falta de atenção em outras áreas que não sejam Sonic Boom, e porque o desenvolvedor das adaptações HD decidiu trabalhar de forma independente em um port. Eu concordo que isso não dá certeza de que Sonic Boom virou linha direta, mas as evidências apontam que é provável.

      “E o lançamento em apenas duas plataformas de uma empresa com base de
      software bem pequena em comparação com as duas outras gigantes indica
      mais um meio do caminho do que apontar a direção de Sonic Boom como
      linha principal”

      Você está ciente do contrato oficial entre a SEGA e a Nintendo? A SEGA não pode lançar jogos em outras plataformas até que o contrato acabe.

      “Esse texto não faz o menor sentido, ainda mais por falar de um jogo que
      sequer saiu. É preciso jogar um pouco antes de chegar a algumas
      conclusões. É preciso ver a série. E independente de direcionarem como
      futuro ou não, acho que estão realizando um trabalho bem competente até
      então. É a carta na manga da SEGA pra uma geração totalmente nova de
      fãs.”

      Se não se pode tomar conclusões porque o jogo nem saiu, você também não pode tomar conclusões positivas sobre o jogo, então não é um argumento muito bom de se usar contra os outros…

      Enfim, podemos sim tirar conclusões do que tem mostrado sobre o jogo, pois mesmo que não saibamos 100% de como será a forma final do Sonic Boom, podemos ver o caminho pelo o qual o jogo está indo. A propósito, o Hinz fala sobre o jogo, não sobre a série (que -pode- ser boa, mas e daí?), então não adianta desviar do assunto. E também, de que adianta fazer um apelo a uma geração nova e deixar na mão a geração antiga, que esteve acompanhando a jornada desde a solidificação da franquia? Veja o mais novo Final Fantasy, por exemplo.