Como um buraco negro super massivo se parece dentro de uma galáxia anã ultra densa?

0

massive-black-hole

A agência espacial europeia (ESA) divulgou nesta quinta-feira (18) uma ilustração feita a partir de imagens do telescópio espacial Hubble do buraco negro supermaciço, com uma massa equivalente a 21 milhões de vezes a do nosso Sol, descoberto no centro de uma galáxia anã ultradensa chamada M60-UCD1. A descoberta foi revelada nesta quarta-feira (17) uma equipe internacional de astrônomos na revista “Nature”.

Para você entender como é extraordinário essa situação, a galáxia M60-UCD1 tem apenas 1/500 do diâmetro da Terra, e você poderia ver 1 milhão de estrelas a noite, diferente das 4000 que você v diariamente na Terra.

Segundo a agência, esta descoberta sugere que as galáxias anãs são realmente os restos de outras maiores, que colidiram com outras galáxias no passado. Anil Seth, o principal autor do estudo M60-UCD1 recentemente publicado na revista Nature, diz que “não sei de qualquer outra forma, você poderia fazer um buraco negro tão grande em um objeto tão pequeno.” Isso pode mudar ao longo do tempo, como Hawking e outras grandes mentes trabalham para descobrir como os buracos negros realmente funcionam.

Mas é interessante saber o que são realmente os buracos negros, quem sabe eles não sejam portais para outra dimensão?

Via Engadget, G1


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!