Google está criando drones para acelerar a entrega de encomendas

1

Google-anti-poaching-drone

O laboratório de pesquisa secreto do Google (GoogleX) está tentando construir uma frota de drones projetados para ignorar o tráfego terrestre e as encomendas das pessoas possam ser entregues de uma forma muito mais rápida (e legal :D)

O ambicioso programa foi anunciado nesta ultima quinta-feira (28) e agrava corrida armamentista tecnológica do Google com a rival Amazon., que também está fazendo experiências com veículos autônomos voadores para transportar mercadoria s de sua loja online.

Embora o Google espera que ele tome mais alguns anos antes de sua frota de drones estar totalmente operacional, a empresa diz que os voos de teste na Austrália, entregaram um kit de primeiros socorros, barras de chocolate, biscoitos caninos e água para dois agricultores depois de viajar uma distância de um pouco mais de um quilômetro, há duas semanas. Confira o vídeo:

Além de aperfeiçoar sua tecnologia aérea, o Google e Amazon ainda precisam ganhar a aprovação do governo para utilizar drones comerciais em muitos países, incluindo o próprio Estados Unidos. No mês passado a Amazon solicitou a Federal Aviation Administration(Administração de Aviação Federal) permissão para expandir seus testes. A FAA atualmente permite que amadores e fabricantes de aeromodelos, mas o uso comercial é proibido na maior parte.

Projeto Asa (Project Wing) é o mais recente empreendimento para sair da do laboratório X do Google, que também tem vindo a trabalhar em carros de autônomos bem como outras inovações,como Projeto Loon, que permitirá distribuir Internet a todo mundo por balões.

Claramente Drones poderiam ajudar o Google a expandir um serviço já existente que oferece produtos comprados on-line no dia em que eles foram ordenados. Google até agora está oferecendo o serviço de entrega no mesmo dia por automóveis em partes da baía de San Francisco , Los Angeles e Nova York.

“Os drones poderiam abrir inteiramente novas abordagens aos bens móveis, incluindo opções que são mais baratas, mais rápidas e mais respeitadoras do ambiente do que o que é possível hoje”, disse o Google em um panfleto descrevendo Projeto Wing.

Google, no entanto, parece ver seus drones como algo mais do que um passo na entrega de e-commerce. Os veículos aéreos também pode tornar mais fácil para as pessoas compartilharem certos itens, como uma furadeira, que eles só podem necessitar periodicamente e transportar suprimentos de emergência para as áreas danificadas por terremotos, furacões e outras catástrofes naturais, de acordo com o panfleto do Project Wing do Google.

E você, o que acha? Um projeto desses tem chance de emplacar?


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!