Novo material criado pelo MIT abre espaço para robôs que alteram de forma!

0

mit-shape-shifting-robot-material

Infelizmente por enquanto, robôs tendem a ser ou muito rígidos ou muito “macios” e nenhum desses extremos chega a ser o ideal. A máquina perfeita seria aquela que conseguisse se espremer em espaços apertados, e que conseguissem manter-se robustas para tarefas que exijam muita força.

Entretanto isso pode mudar graças a uma parceria entre o Instituto de Tecnologia de Massachusetts(MIT) e o Google Boston Dynamics. Os dois tem desenvolvido um composto que é capaz de alterar entre o estado “duro” e macio na mesma hora. O  projeto consiste em uma espuma compressível no interior com um revestimento de cera externo. Se um robô precisa se deformar, tudo o que teria que fazer é suavizar as articulações adequadas com um pouco de aquecimento. Poderia até mesmo curar o dano pelo aquecimento e arrefecimento de uma área afetada.

Ainda é cedo, mas já existem muitas aplicações do mundo real potenciais para o material. A DARPA (o impulso para o projeto) quer robôs que podem literalmente deslizar através das rachaduras para alcançar áreas inacessíveis; eles poderiam resgatar sobreviventes presos sob os escombros, por exemplo. Já o MIT  acredita que seja mais vantajoso usar o robô para reparar áreas de difícil acesso no corpo humano. Entretanto de qualquer maneira ainda está muito longe do metal líquido  T-1000, de Exterminador do Futuro 2, mas já nos deixa mais próximos do conceito de transformação robótica.

Será que estamos chegando na era dos robôs metamorfos?

Via Engadget


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!