Facebook e Mozilla se juntam para acelerar a Internet

0

JPEG

Há muito tempo, os gigantes da Internet estudam maneiras de como acelerar o acessos as páginas Web. Entretanto a Mozilla está focada em acelerar de vez isso. Nesta ultima Terça Feira (15) a gigante dos navegadores Web, anunciou que o Facebook resolveu apostar em uma ideia da fundação que vai nesse sentido.

Parte das empresas acredita que o melhor seria substituir o JPEG, largamente usado na internet, por um formato livre mais leve. Isso inclui o Google, um dos nomes por trás do WebP, que tem cerca de 30% do tamanho do JPEG mantendo a mesma qualidade.

Só que a Mozilla realizou estudos que comprovam a ineficácia de se trocar toda a estrutura da web. Ao invés disso, o melhor seria trabalhar para diminuir o próprio JPEG, e é o que a fundação vem fazendo com o codificador mozjpeg, que reduz o JPEG, em média, em 5%.

Para você ter uma ideia, o quanto é importante a redução nas imagens, especialmente para Mobiles. Quanto mais tempo demora para carregar um site, mais pessoas deixam de acessar ele, e consequentemente o site vai ficando menos conhecido. O que aconteceria se o Google demorasse 30 segundos para carregar? Com certeza o maior buscador seria o Yahoo não? Acharam que que ia falar do Bing né.

E o Facebook anunciou ontem que está testando o mozjpeg 2.0 para comprimir as imagens da rede social e também deu uma “ajuda” de US$ 60 mil para o desenvolvimento da ferramenta.

E você o que acha? Usaremos o JPEG por muito tempo ainda, ou usaremos imagens diferentes em um futuro não tão distante? Lembrando que o GIF ainda está vivo hein!

Via Olhar Digital


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!