Pirataria (Emulação, Consoles e Jogos)

0

tipos-de-cd

Muito se discute em torno de quando começa ou não a surgir pirataria em torno da utilização de emuladores e de homebrews, portanto, acho que será um tópico de utilidade pública.
Farei algo separado em tópico para uma avaliação simples e prática.

Não é pirataria (crime) quando:

  • Utiliza o emulador sem BIOS e o jogo original, sem nenhum modo de jogar online.
  • Utiliza o emulador sem BIOS para estudo de códigos através de open source.
  • Instala homebrew em console, utilizando jogo original e sem jogar online.

É pirataria (crime) quando:

  • Utiliza o emulador com BIOS para quaisquer fins.
  • Instala homebrew em console, utilizando jogo original e joga online.
  • Destrava console e joga online (quebra de contrato dependendo da empresa).
  • Destrava console para jogar jogo pirata.
  • Tem a ROM ou a ISO sem o jogo original. Isso precisa ser entendido em questão de região, console e edição. É necessário ser tudo idêntico, se não, é necessário apagar o jogo em até 24 horas.
  • Baixa jogo digital ou físico pela internet de forma ilegal (quebra de propriedade intelectual como possibilidade).
  • Faz cópia de um disco original (quebra de propriedade intelectual como possibilidade).

E você o que acha? Existe mais alguma forma de pirataria? E você é contra ou a favor dela?


Compartilhe.

Sobre o Autor

Lucas Hinz

Compositor independente, fascinado por jogos e estuda por lazer, trabalha com fluxos formalmente e pretende se tornar diretor fonográfico.