Por que porque?

0

PORQUEk

Não é novidade que o português pega muita gente de calças curtas em provinhas como vestibulares, entrevistas de empregos, atividades, entre outros. Geralmente há um alarde maior para com a acentuação e/ou alguns elementos como g/j ou x/ch, porém eu aposto que pouquíssimas pessoas sabem como empregar a palavra “porque” corretamente!
Tenho certeza que algumas pessoas pensaram em algo do tipo “por que esse artigo? Ver algo que já estudei no ensino médio, por quê? O porquê disso eu não entendo. Não lerei esse artigo porque eu já sei tudo isso!
Bom, se você conseguiu entender o PORQUE do emprego dos porquês acima, então tudo bem, mas, se não entendeu a diferença entre todos eles, sugiro uma leiturazinha para entender porque eles são diferentes (porque sim não é resposta), isso pode vir a te salvar em alguma prova por ai 😉

 

Por que

O por que tem dois empregos diferenciados:

Quando for a junção da preposição por + pronome interrogativo ou indefinido que, possuirá o significado de “por qual razão” ou “por qual motivo”:

Exemplos: Por que você não vai ao cinema? (por qual razão)
Não sei por que não quero ir. (por qual motivo)

Quando for a junção da preposição por + pronome relativo que, possuirá o significado de “pelo qual” e poderá ter as flexões: pela qual, pelos quais, pelas quais.

Exemplo: Sei bem por que motivo permaneci neste lugar. (pelo qual)

Por quê

Quando vier antes de um ponto, seja final, interrogativo, exclamação, o por quê deverá vir acentuado e continuará com o significado de “por qual motivo”, “por qual razão”.

Exemplos: Vocês não comeram tudo? Por quê?
Andar cinco quilômetros, por quê? Vamos de carro.

porque_png1

Porque

É conjunção causal ou explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.

Exemplos: Não fui ao cinema porque tenho que estudar para a prova. (pois)
Não vá fazer intrigas porque prejudicará você mesmo. (uma vez que)

Porquê

É substantivo e tem significado de “o motivo”, “a razão”. Vem acompanhado de artigo, pronome, adjetivo ou numeral.

Exemplos: O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada. (motivo)
Diga-me um porquê para não fazer o que devo. (uma razão)

Então cuidado ao escrever os porquês da vida. Você pode estar totalmente errado 😀 .

 

Fonte: Brasil Escola


Compartilhe.

Sobre o Autor