Já pensou em uma tinta que muda de cor?

0
Imagem por ShuterStock

Imagem por ShuterStock

Enquanto você usa seu tempo ocioso de maneira errada, uma equipe de químicos da Universidade da Califórnia fez uma descoberta interessante por acaso. Enquanto experimentavam como amarrar nanopartículas de ouro, eles notaram que o ouro mudava entre as cores azul brilhante, roxo e chegava até vermelho. Na verdade, quanto mais eles tocavam, mais a cor era alterada.

Após um tempo, eles conseguiram manipular as nanopartículas de ouro para formar uma película de polímero que pode ser aplicada como tinta. Tocar a película faz com que as nanopartículas se amarrem para se esticar, e, assim, muda a cor do polímero.

“Desenvolvemos um sensor de pressão de alta resolução que indica a pressão ao variar a cor – um sensor que todos nós conseguimos ver com nossos olhos”, explica Yadong Win, lider do estudo. “Quando juntas, as nanopartículas de ouro são azuis. Mas elas gradualmente se alteram para vermelho com aumento da pressão conforme elas se separam.” Isso é diferente de outras tintas sensíveis a pressão existentes.

Como o The Atlantic destaca, “é como Hypercolor para toque em vez de calor.” As possibilidades vão muito além da moda. A equipe de Yin diz que a nova tecnologia pode ser útil em testes de impacto, de modo que especialistas em segurança podem ver onde os impactos ocorreram. Como as nanopartículas de ouro respondem a diferentes tipos de pressão, isso permitira medir a gravidade dos golpes. Isso também ajuda outros estudos recentes ao mostrar como as nanopartículas de ouro interconectadas respondem a mudanças no ambiente.

Mas se for parar para pensar, deve ser bem bacana usar essa tinta. Só não sei se aqui no Brasil daria certo… [The AtlanticUC-Riverside Via Gizmodo]


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!