Cientistas inventaram uma partícula de oxigênio injetável que deixa você viver sem respirar

4

graphene-desalination
Oxigênio é algo fundamental em nossas vidas, sem não respiraríamos e seguindo essa lógica não existiríamos certo? O oxigênio continua sendo fundamental, mas talvez mais fácil de ser obtido agora.

Cientistas desenvolveram uma nova micropartícula preenchida com oxigênio que pode ser injetado diretamente na sua corrente sanguínea e mantê-lo vivo, mesmo que você não consiga nenhuma entrada de ar para os seus pulmões. As micropartículas são realmente minúsculas cápsulas (2-4 micrômetros) feitos de uma única camada de lipídios em torno de uma pequena bolha de gás de oxigênio. A cápsula é suspensa em um líquido para que as bolhas não fiquem maior (o que as tornaria mortal 😀 ).

Após a injeção do líquido  para a corrente sanguínea, as cápsulas irão colidir com as células vermelhas do sangue, transferindo o oxigênio  da cápsula para a célula. Cerca de 70% do oxigênio injetado conseguiu com sucesso fazer  o seu caminho para a corrente sanguínea. Este método de injeção foi tão bem sucedida que os cientistas conseguiram manter coelhos com suas traqueias bloqueadas vivos por quinze minutos.

De qualquer maneira e uma descoberta incrível e com certeza vai ajudar em futuras missões espaciais e mergulhos mais profundos.

Quem sabe não podemos criar cidades submarinas com isso?

Via GeekOsSystem


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!

  • Artus Blastus

    E a flatulência?

  • Marcelo

    Legal, além disso vai poder ajudar a medicina em casos de transplante de pulmões, insuficiência respiratória e muito mais.

  • †(DK)†

    Existe algumas doenças serias que podem ser tratadas com essas partículas, um exemplo dessas doenças ( a qual eu não me recordo o nome ), é um em que o paciente sofre um problema cerebral no qual ataca a parte responsável pela respiração, de modo que o paciente tem que lembrar de respirar durante o dia, e para poder dormi só com ajuda de aparelhos respiratórios.