Como funciona o macaco hidráulico?

0
Não, isso não é um Macaco Hidráulico :D

Não, isso não é um Macaco Hidráulico 😀

O macaco hidráulico é um instrumento bem útil, apenas descendo uma simples alavanca sem usar muita força você consegue levantar cargas extremamente pesadas… Mas como isso é possível?

Segundo a Lei de Pascal “a pressão aplicada num ponto de um fluido em repouso transmite-se integralmente a todos os pontos do fluido” Ou seja, se aumentarmos a pressão de um fluido em “X” então em todos os outros pontos a pressão também será aumentada em “X”… Mas se a pressão é igual, então como é possível levantar um objeto mais pesado com menos esforço?

A pressão é a força dividida pela área, portanto digamos que você aplica 200 de força em uma área de 100, então temos 2 de pressão, ela vai ser transmitida por todos os pontos no fluido que existe na parte de dentro do macaco hidráulico até chegar no outro lado, mas, no outro lado a área não será 100, a área será 1000. Dessa vez você tem a pressão e a área, você quer descobrir a força, como pressão é igual a força sobre área, então força é igual a pressão vezes área, como resultado temos uma força de 2000 no outro lado!

Macaco hidraulico

Mas porque então eu tenho que bombear tantas vezes pra subir meu carro?

Um dos grandes problemas desse método é que como sua primeira área é menor que a segunda, menos liquido é enviado para o outro lado, assim o outro lado sobe menos.
Para suprir essa necessidade é colocado um pequeno reservatório com o fluido (como na parte esquerda da figura abaixo) e uma válvula em forma de comporta, o objetivo dessa válvula é de abrir enquanto está puxando a alavanca (para pegar mais fluido e poder subir mais o outro lado) e de evitar que o fluido que já está ali escape de volta para o reservatório. Para descer o objeto que está sendo levantado, basta abrir a válvula globo (ela funciona quase da mesma maneira que as torneiras de casa) para o fluido retornar para o reservatório.

Observação: para simplificar, não foram usadas unidades durante os cálculos. Os valores usados nos cálculos são fictícios.

 

 


Compartilhe.

Sobre o Autor