Cientistas de Stanford criam bateria baseada em uma fruta, que armazena 10X mais de carga

0

battery-pomegranate

Por vários anos, muitos pesquisadores tentaram inovar na criação de baterias de silício, sendo em tempo de duração, ou capacidade de carga. E uma equipe de cientistas de Stanford está próxima de dar um grande passo na inovação das baterias baseado em uma fonte diferente, romãs!

Há dois problemas em usar silício nas baterias. Primeiro, o material incha com o calor, e quebra durante o carregamento. Ele também tende a reagir com o eletrólito das baterias, estragando os circuitos. Só que o silício também pode armazenar até dez vezes a carga de outras baterias de lítio recarregáveis.

Então, para utilizar o material, os cientistas de Stanford se inspiraram na forma que as sementes de romã se organizam em aglomerados.

battery pomegranate 2

Eles decidiram usar nanofios de silício, pequenos demais para quebrar, e envolvê-los em carbono, o que lhes permitiria “inchar” um pouco. (Veja o diagrama acima.) As bolhas de carbono foram então organizadas como sementes de romã, para que elas pudessem conduzir bem a eletricidade sem expor o silício.

E a nova geometria inspirada em romãs funciona perfeitamente. “Experimentos mostraram que nosso ânodo inspirado em romãs opera a 97% da capacidade, mesmo depois de 1.000 ciclos de carga e descarga, colocando-o dentro da faixa desejada para a operação comercial”, disse o professor Yi Cui em um comunicado à imprensa.

Também há potencial de ver este novo design nos dispositivos que usamos diariamente. “Alguns desafios continuam a existir, mas este design permite usar ânodos de silício em baterias menores, mais leves e mais potentes para produtos como celulares, tablets e carros elétricos”

Já pensou como seria se as baterias atuais pudessem armazenar 10x mais de carga? Bateria para Notebooks durariam por dias, de celulares poderia até durar mais de uma semana! Enquanto isso não acontece, só nos resta esperar que um dia possamos usar uma bateria de celular que dure uma semana, seria muito mais prático não? 😀

 

Via Gizmodo


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!