BlizzCon 2013: No PS4, “Reaper of Souls” oferece o melhor de “Diablo III”

0

http://imguol.com/c/entretenimento/2013/08/21/diablo-iii-reaper-of-souls-1377103173961_1138x640.jpg

“Reaper of Souls” é a primeira expansão de “Diablo III”. Sua principal novidade é a adição de uma nova classe, o Crusado, sucessor espiritual do Paladino de “Diablo II” e vários cenários inéditos, como Westmarch, maior cidade ocidental de Santuário.

UOL Jogos teve a oportunidade de se aventurar com o novo herói pelas ruas apinhadas de demônios e esqueletos da metrópole medieval na Blizzcon 2013, e fez isso jogando no PlayStation 4.

É bom avisar: a expansão não altera a essência de “Diablo III”: um jogo mais voltado para a ação que por isso desagradou os fãs do antecessor.

Dito isso, “Reaper of Souls” traz o melhor dessa experiencia para o PS4, com belos gráficos e efeitos caprichados, principalmente nas párticulas que voam pela tela como em todo jogo “next gen” que se preza.

Guerreiro Sagrado

O Crusado é um guerreiro místico, capaz de usar armas pesadas ao mesmo tempo que dispara magias de médio alcance.

Tanque por natureza, o Cruzado é capaz de equipar armas de 2 mãos em uma só, deixando a outra livre para um escudo pesado.

Mesmo quando abate seus inimigos com magias, você tem a sensação recompensadora de que o Crusado está espancando os alvos como uma máquina de guerra humana.

Entre os poderes disponíveis na demo, chamaram a atenção uma investida com o escudo capaz de derrubar vários inimigos e um inusitado cavalo de fogo, que serve de montaria por alguns segundos e deixa um rastro de chamas por onde passa, como o Firewall da Sorcerer de “Diablo II”.

Fantasia gotica

Westmarch é bem diferente dos mapas anteriores, com ruas claustrofóbicas e prédios mais urbanos. Mesmo os monstros aqui parecem menos orientais, puxando a direção de arte para a fantasia medieval gótica.

Suas vielas são pontuadas por eventos no interior dos prédios, que trazem demônios poderosos e recompensas à altura – fruto da ausência da infame Casa de Leilões.

Ajustes finos são percebidos pelos olhares atentos, sendo a câmera o destaque. Em “Reaper of Souls” ela segue no alto, mas faz movimentos sutis para acompanhar os passos do herói e evitar que você fique o tempo todo atrás de uma casa ou de outra construção.

O resultado é uma movimentação melhor e uma sensação de perseguição constante ao encarar as legiões infernais nas ruelas da cidade.

Mais uma dose

“Reaper of Souls” introduz novos sistemas em “Diablo III” e ofeece habilidades e poderes de nível alto para os antigos heróis.

Também terá novos modos de jogo, sendo o principal o modo Aventura, resposta da Blizzard para as queixas sobre a repetitividade que assombra o RPG em seus níveis mais avançados.

Pelo teste na Blizzcon, podemos afirmar que “Reaper of Souls” está no caminho certo para ceifar a vida dos jogadores em troca de uma nova dose de ação e evolução para seus heróis.

Nova classe de personagem

“Reaper of Souls” introduz uma nova classe de personagem em “Diablo III”, o Cruzado – pelo que foi exibido até o momento, o novo herói lembra o Paladino de “Diablo II”. Outra novidade é o aumento do nível máximo, de 60 para 70.

Todas as classes de personagem ganharão novas perícias, habilidades passivas e runas inéditas.

O “Diablo III” original está disponível para PC, PlayStation 3 e Xbox 360, e chegará para PlayStation 4 e Xbox One no futuro. Até o momento, sua expansão tem versões confirmadas para PC e PS4.

Fonte: UOL Jogos


Compartilhe.

Sobre o Autor

Marcos Heber

Moro em Guaratinguetá, sou formado em Design na Faculdade FATEA em Lorena - SP. Curto games como Sonic, God Of War,animes como Os Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, Samurai X e mangás são os mesmos e meu estilo de música é Heavy Metal como Metallica, Iron Maiden. Minha especialidade no Recanto do Dragão é trazer e postar noticias relacionadas ao mundo dos games e animes.