Após 13 anos de bloqueio, China permitirá venda de consoles

0

A China pode ser um novo (e grande) mercado para os consoles atuais, como PS3 e X360

Após 13 anos de bloqueio comercial, a China declarou que permitirá a venda de consoles como parte de uma série de regras para uma nova zona de livre comércio em Xangai.

De acordo com o Conselho Estatal, empresas estrangeiras que produzam e vendam dentro dessa nova zona de comércio poderão vender seus produtos em toda a China, tendo a aprovação para cada um dos produtos dependendo do Ministério da Cultura.

A venda de consoles de videogame na China está proibida desde 2000, quando sete ministros concordaram em bani-los por temer o impacto que os jogos têm nos jovens. Em contrapartida, os jogos para PC e smartphones, assim como os cibercafés, alcançaram grande popularidade no país desde então.

Mercado em expansão

No começo da semana, a Microsoft anunciou um plano de investimento de US$ 237 milhões em uma parceria com a empresa chinesa de TV e internet BesTV New Media.

As regras dessa zona de livre comércio serão estabelecidas durante os próximos três anos.

Não há previsão oficial para o início da venda dos consoles.

Vale observar, como a venda de consoles é proibida na China, o país possui um dos maiores mercados de jogos para computador. Games de RPG online, jogos de tiro gratuitos e jogos de estratégia são muito populares por lá.

Tanto que, em 2012, Xangai sediou as finais do Battle.net World Championship – na ocasião, 10 mil pessoas se reuniram para assistir as batalhas dos melhores jogadores de “StarCraft II” do mundo.

Fonte: UOL Jogos


Compartilhe.

Sobre o Autor

Marcos Heber

Moro em Guaratinguetá, sou formado em Design na Faculdade FATEA em Lorena - SP. Curto games como Sonic, God Of War,animes como Os Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, Samurai X e mangás são os mesmos e meu estilo de música é Heavy Metal como Metallica, Iron Maiden. Minha especialidade no Recanto do Dragão é trazer e postar noticias relacionadas ao mundo dos games e animes.