Presidente da NOA compara cenário do Wii U ao do PlayStation 2 em questões de hardware e mercado

1

Com PlayStation 4 e Xbox One chegando no fim do ano, novamente o Wii U fica um degrau abaixo no quesito hardware. Entretanto, para Reggie Fils-Aime, o notório presidente da Nintendo of America, este cenário lembra muito o que aconteceu com o Wii U e também o PlayStation 2. Para Reggie, o que vende um console são os jogos e não o hardware. Lembrando que, mesmo com novos consoles no mercado, PlayStation 2 e Wii venderam muito bem, graças a vasta biblioteca de jogos e clássicos lançados para as plataformas.

Confira as declarações dadas por Reggie para a Forbes.

“Poder de processamento do hardware não é o que realmente importa. Digo isso com confiança, vendo a última geração de consoles, onde o Wii, cuja indústria viu com olhos de ‘isso parece ser muito fraco’, vendeu mais de 100 milhões de unidades globalmente. Os consumidores viram a inovação do Wii Remote e a experiência de jogo ativa que oferecemos.

Até se observarmos a geração anterior, era a Sony quem tinha um produto ‘mais fraco’ comparado com os outros dois consoles de mesa da época e, ainda assim, venceu a geração. No final, temos os jogos. São eles que instalam uma base. São os jogos que atiçam o consumidor.”

Matéria Original do grande Alexandre Galvão da Nintendo Blast!


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!