Google terá canais pagos.

0

Imagem Postada

O YouTube tenciona mudar o seu modelo de negócios, tendo em vista obter lucros que vão para além dos anúncios. O site de vídeos obrigará os seus utilizadores a pagar por certos canais. Assim, a empresa adepta um modelo de subscrição à semelhança do que é feito por outros sites, como o Hulu da Walt Disney.

A nova estratégia irá ser aplicada a cerca de 50 canais do YouTube, com algumas das subscrições a custar $1,99 (€1,52) por mês. Os canais que serão pagos são canais de televisão, canais de séries e de filmes. Isto possibilitará a expansão do YouTube, disponibilizando aos seus utilizadores mais séries e filmes para além dos vídeos amadores, que serão sempre grátis.

De acordo com declarações prestadas ao Financial Times, o YouTube diz que tenciona “criar uma plataforma de subscrições que trará mais conteúdo aos utilizadores, ao mesmo tempo proporcionando aos criadores de vídeos outra maneira de lucrar com os seus conteúdos, para além do modelo de anúncios”.

Este passo cimenta uma tendência que tem vindo a crescer – o YouTube deixou de ser um site com conteúdo gerado apenas por utilizadores e passou a ser um site que tem também muito conteúdo profissional. Isto permitirá a canais televisivos aderirem ao YouTube para disponibilizar programas tanto antigos como novos.

Nos últimos 18 meses, a empresa investiu 150 milhões de euros em canais novos. Estes novos canais ajudaram a captar mais de mil milhões de visitantes, que vêem cerca de 6 mil milhões de horas de vídeo por mês.

Fonte: G1, SZF


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!