O universo é 80 milhões de anos mais antigo do que se pensava

0
espaco-louco

Nós sabemos há muito tempo que o universo tem entre 13 e 14 bilhões de anos de idade, mas agora um estudo recente ajusta um pouco este número.

Descobertas da sonda espacial Planck, da Agência Espacial Europeia, mostram que o universo é cerca de 80 milhões de anos mais velho do que se pensava antes: sua idade é de 13,81 bilhões de anos.

A sonda espacial Planck conseguiu esta precisão maior examinando a radiação cósmica de fundo, o resquício do Big Bang que preenche o universo.

A descoberta dá credibilidade à ideia de que o universo se formou em frações de segundo a partir de uma partícula subatômica, mais rápido do que a velocidade da luz. E confirma, com dados reais, teorias sobre a idade real do universo que foram propostas há décadas com base em nada mais do que matemática pura.

Sim, 80 milhões de anos pode ser pouco se comparado aos 13 bilhões de idade do universo, mas é mais um passo para entendê-lo melhor. E como diz o cientista Martin White, “100 milhões de anos aqui e ali começam a fazer diferença”.

Fonte: GizModo


Compartilhe.

Sobre o Autor

Douglas Amaral

Um cara que gosta de Tecnologia, cultura Oriental e é muito curioso. Gosta bastante de Dragões, e Batata frita. E por isso não vai viver por muito tempo!